sexta-feira, 18 de janeiro de 2019

Ataques


Querem nos sufocar
Tirar o direito de respirar
Os ares da democracia
Conquistados dia após dia.
São ataques articulados
Atingem quem está a lado
E quem também quer o poder
Mas não tinha chances de o ter.
Pessoas mesquinhas e impopulares
Portadores do título de doutor
Que, agora, por serem titulares
Que vão querer se impor.
Venceremos todos os ataques
Pela democracia resistiremos
E a todos os achaques
Temos força e venceremos.

Visite também o Blog de Educação do professor Gilson Monteiro e o Blog Gilson Monteiro Em Toques. Ou encontre-me no www.linkedin.com e no www.facebook.com/GilsonMonteiro.

Ataque à democracia nas universidades


Aos poucos, sem muito alarde, o governo eleito destrói as conquistas democráticas das universidades públicas brasileiras. Consultas com eleições paritárias ou universais foram proibidas. Em Nota Técnica, o Ministério da Educação (MEC) reafirma o preceito contido na Lei de Diretrizes e Bases da Educação Nacional (LDBEN) que determina o peso de 70% para os professores, 15% para o Técnicas Administrativos de Educação (TAEs) e 15% para os estudantes. É um ataque frontal às conquistas democráticas que os três segmentos das universidades públicas federais conseguiram ao longo dos anos. Nada que não tenha sido prometido em campanha. O retrocesso talvez seja um desejo de muitos membros da comunidade universitária. O que aumenta nossa responsabilidade e nossa luta.

Visite também o Blog de Educação do professor Gilson Monteiro e o Blog Gilson Monteiro Em Toques. Ou encontre-me no www.linkedin.com e no www.facebook.com/GilsonMonteiro.

quinta-feira, 17 de janeiro de 2019

Idiotia


Os sem-bandeiras
Escolhem não participar da política.
É uma opção preferencial pela idiotia
Que se faz dia após dia.
Portanto, seja o idiota que você escolher
Mas, não queira que ninguém seja igual a você.

Visite também o Blog de Educação do professor Gilson Monteiro e o Blog Gilson Monteiro Em Toques. Ou encontre-me no www.linkedin.com e no www.facebook.com/GilsonMonteiro.